Minhas primeiras impressões sobre o livro - Pátria Chamada Amor

Eu amo ler, e essa escritora, em especial, será sempre minha DIVA da literatura nacional.
Digo isso por admira-la como escritora, por seu talento e força de vontade de vencer, e por admira-la como pessoa, pois já pude abraça-la e sentir seu carinho.
Quando a Marcinha me convidou para conhecer sua nova obra eu nem se quer pensei, topei de cara!
Eu sou daquelas que apoiam projetos que tem como objetivo engrandecer a litaratura nacional. E não me enganei com essa nova obra.


Sinopse: A grande obstinação do capitão Christiano Vicenzo é chegar ao topo máximo da carreira, ou seja, ao generalato do Exército. Para alcançar a sua meta, precisa manter uma vida pessoal e profissional irretocável. Tudo começa a mudar quando ele serve em Niterói e conhece Nina, uma jovem com problemas sociais que ultrapassam – e muito – o que ele idealiza como protótipo de par perfeito. Fascinado pela garota, o militar decide arriscar no relacionamento, mas não imagina que, ao ser convocado para integrar a Missão de Paz no Haiti (MINUSTAH), terá sua história ao lado de Nina tragicamente desviada. Inconformado com os caminhos que o destino escreveu para si, Christiano vai descobrir com o tempo que a maior batalha na reconquista do amor perdido talvez seja enfrentar as mágoas do passado e que a felicidade não segue regulamentos. Um romance sensível e resistente ao tempo, que mostra que até mesmo para servir com dignidade à pátria é preciso que a pessoa por trás da farda esteja em paz com o coração.

QUE LIVRO É ESSE?
Quer dizer, que poucos capítulos lidos foram esses???
Gente, já briguei com ela por inbox do face e exigi saber do que vai acontecer, porque vamos combinar... É muita sacanagem dela deixar-nos com esse gostinho de quero mais!

O livro conta uma história de tipo, " dias de lutas, dias de glórias". Nina é uma daquelas meninas que sonha em ser alguém de verdade na vida, e não apenas mais uma na multidão. Alguém que parece lutar com unhas e dentes por seus sonhos, e para isso será capaz de muita coisa, inclusive de viver aquele ditado, só um pouquinho modificado " sorte nos profissional, azar no amor"! Já o poderoso e ao que parece gostoso Sr Christiano é um ambicioso profissional incurável. Daqueles que coloca sua carreira na frente do mundo, mas perceberá que seu mundo precisa de mais do que uma "patente" de renome. A que preço? Não sei, pois a escritora sem vergonha não me deu a continuação. Mas ao que parece essa história tem tudo para ser PERFEITA!

Pois é povo... Eu parei numa parte da trama que me deixou com esse bendito gopstinho de QUERO MAIS... Mas preciso dizer que O LIVRO JÁ ESTA DISPONÍVEL!!! AQUI!!!

Pois é... Então sem desculpas galera... Corre para a Amazon e garanta seu E-Book, pois certamente essa será umas daquelas histórias que nos dará ressaca literária, nos dará aquele desejo incontrolável de ler até a última página e nós fará suspirar, rir e chorar em cada capítulo. Será emocionante!

Obrigada Marcinha pelo privilégio de ter sido uma das primeiras a ler seu livro... Lisonjeada!
Que seja um sucesso, pois você merece todas as palmas por seu lindo trabalho!
Beijos em seu coração!

Roberta Farig 



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Gratidão em forma de oração!

Sou uma pessoa muito grata por tudo que tenho vivido.
Compreendo que tudo é resultado de minha escolhas, do que eu permito que aconteça em minha vida, seja de bom ou ruim. E por isso eu agradeço e peço sempre luz para trilhar o caminho correto e fazer um bom plantio, para mais tarde ter uma boa colheita!
Achei esse texto na internet e não sei sua procedência, mas ele é tão perfeito.
Chamo ele de "Oração de Gratidão" e vou agora compartilhar com vocês!



Senhor!


Obrigada,
pela água que bebo, pela comida que como e pelo ar que respiro!

Obrigada,
por eu poder ver, ouvir, sentir, tocar, falar, andar e pensar!

Obrigada,
por me permitir trabalhar, empregar e ajudar!

Obrigada,
pelo céu, pela terra e pelo mar!

Obrigada,
por tudo que me deste ontem, pelo que me deu hoje
e pelo que vai me dar amanhã!

Obrigada,
pela saúde, juventude, beleza, talentos e qualidades físicas e mentais.

Obrigada,
por me proteger, iluminar e me guiar sempre!

Obrigada,
pela luz, paz, prosperidade, harmonia, sabedoria, saúde em minha família,
amizades e em tudo que me rodeia!

Obrigada,
pelo amor que tenho no coração e na minha alma

Obrigada,
por me ensinar a amar incondicionalmente e sem apego!

Obrigada,
pela vida! E por assumir o comando dela.

Obrigada,
por tantas bênçãos e graças, Senhor!

Obrigada,
por todos os milagres e maravilhas, Deus!

Obrigada,
por me amar…

Eu te amo e me entrego totalmente em tuas mãos… Amém


Deus esteja com todos nós.
Que assim seja...
Beijos
Roberta Farig

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Trilogia Apenas Amor - Conhecendo os personagens - Anabella Zommer

Olá pessoas que visitam meu blog, tudo bem?
Hoje resolvi que falaria dos personagens que compõem a minha

Muitas pessoas amam os personagens. Suas manias, suas atitudes, suas vidas, mas outros não compreendem-os, e muitas vezes os rotulam. Pensando nisso, resolvi falar mais dos meus personagens e torna-los então mais reais no dia a dia de quem lê meus livros.



Vou começar hoje pela personagem principal e consequentemente mais polêmica da minha trilogia. E olha que isso é um choque para mim, pois minha intensão era descrever uma mulher comum, que tem apenas o dom de amar e ser amada. Mas ela não foi bem compreendida por todos, então resolvi falar mais dela para vocês.


Anabella Zommer

Catarinense, natural da cidade de Orleans, interior do estado de Santa Catarina, foi abandonada ainda bebe por sua mãe na porta da igreja matriz da cidade e de lá encaminhada para um orfanato local. Viveu nesse local por cinco anos. Vivenciou o medo de ser esquecida, a alegria de ter quem a cuidasse, a diversão de ter amiguinhas e a esperança de ser adotada. Até que Katia e Leonardo, após a perda de seu filho, Jorge em um trágico acidente no auge de sua idade, resolvem adotar uma criança. Como a irmã de Katia, a Iara, era totalmente ligada a esse orfanato, eles conheceram a Anabella, e foi amor a primeira vista. Por causa da dor que ainda dilacerava o coração deles, a família resolveu mudar-se para a capital do estado, Florianópolis, e por lá recomeçar a vida, ao lado da sua pequena e especial Bella.
A vida para essa família foi muito boa, e Anabella pode ser criada com tudo que uma criança precisa para crescer forte, feliz e amada. Ela era o centro das atenções, a alegria da casa, e essa família era unida pelos laços indestrutíveis do amor.
Anabella foi criada dentro de alguns princípios religiosos católicos, mas sua mãe parecia ser mais sábia e ia além dos dogmas de uma igreja e suas crenças. Ela sempre tinha uma palavra amiga e um bom conselho a ser dado. Ela é como uma mentora para ela, uma sábia. E realmente seus conselhos iam além de ditas populares, tornavam-se épicos. São ligadas de uma tal forma, que dá para acreditar que viveram outras vidas juntas. E com o pai então, é amor além da conta. É protetor, carinhoso e que pega no colo para fazer cafuné desde sempre. Eles tem os mesmos gostos para tudo e são parceiros de filmes nos sábados a tarde e de arrumar a mesa enquanto a mãe faz o jantar. Enfim, são a família perfeita, que muitos desejam.
O fato é que diante de tanto amor e cuidado dedicados por esses pais a uma criança cheia de carências, Anabella cresceu da melhor maneira, sendo amada! Linda, mas sem nenhum rótulo. Ela tem uma aparência comum dentre as mulheres interioranas Catarinenses. Loira dos olhos claros,  um corpo bem desenhado, com a estatura pequena, mas com um sorriso do tamanho do mundo. Cheia de princípios ela chega a ser inocente mesmo, mas isso foi proposital. Sinto falta desta característica nas mulheres hoje em dia. O lado menina que toda a mulher tem. Um pouco de "acreditar no ser humano", de praticar mais amor ao próximo, e esse é um diferencial de minha personagem. Ela não é burra e nem faz tal papel, ela apenas vive com amor e para o amor. Conheço algumas pessoas que são assim, e nelas me inspirei. Eu mesma, essa escritora que voz escreve é um pouco assim, mas pena que é só um pouco, pois queria ter muito mais da Anabella em minha vida. Ela é amiga, se dedica a esse sentimento e isso ficou bem claro através da sua relação primeiro com Talita e depois com Daiane. Duas pessoas totalmente diferentes, mas que conquistaram o coração da amiga que as quer sempre perto. Elas viveram muitas coisas juntas e descobriram o mundo através das experiencias uma da outra. Essa troca é linda e Anabella dá valor a cada uma delas, tanto que em seus maiores medos e dores, são elas que a acolhem e dão o colo que ela precisa.
O fato de ela ser virgem aos 22 anos para muitos leitores foi lindo, mas para outros foi piada? Nossa, por que será? Gente, já ouviram falar no ditado "não ser tomate de feira"? kkkkkkkkkkkkk Sério, ela se preservou, se guardou para se permitir ser amada na hora certa e com a pessoa certa. E digo, ela não se arrependeu. Já muitas pessoas que se permitem demais e confundem liberdade com libertinagem, acabam por arrepender-se. Não estou aqui criticando a atitude de ninguém. Cada um sabe seu momento e deve ser respeitado por isso. O fato é que a Anabella resolveu se guardar. 
Ela teve poucos romances, raros casos de namorico, e quando se depara com Samuel Neon ela permite que seu lado mulher desperte. Claro que antes ela teve um "assim ele me mata" com o André, que insistiu em tê-la em seus braços, mas o que existia entre eles ia além da entrega carnal. E quem ler a trilogia toda vai entender. Já com o Sr Neon foi diferente, foi carnal, foi emocional, foi intenso. Quem leu o segundo livro da trilogia sentiu isso. Só que não acabou por ai. Nem tudo são flores, e as lágrimas das decepções fazem a minha personagem crescer e amadurecer. Ela não perde a inocência, mas passa com certeza a observar melhor o mundo em sua volta. Percebe a maldade das pessoas e aprende a lidar com as situações. Mesmo no desespero, ela consegue focar em seus princípios e consegue, com a ajuda de quem a ama, ser salva. E a vida vai seguindo seu rumo. Novas oportunidades, novas formas de amar, novas pessoas entram em sua vida e a fazem dar uma guinada na vida... Ela vai vivendo, ela se diverte, ela chora, ela dança, ela ama muito e sem medo algum. Como será o final da minha trilogia em relação a minha personagem principal é ainda um mistério, até para mim. Eu quero que ela tenha sempre o melhor, pois quem planta o bem, colhe o bem, isso é a chamada lei do retorno. E como ela descobriu todas as formas de amor, depois usou o amor para suportar a dor, terá com certeza um final em que o amor vencerá!

Então é isso amores, espero que tenham curtido e conhecido um pouco mais da minha menina mulher, Anabella Zommer. Vou continuar falando dos meus personagens... Fiquem ligados!
Comentem ai viu, deixei suas opiniões, pois elas são muito importantes para mim.
Voltem sempre e não esqueçam... AMEM MUITO!!!

Beijinhos no coração de todos!!!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

A intolerância é a prática do egoísmo.

Essa é uma matéria que escrevi para um jornal local que foi editado no mês de maio/2016. Gostei tanto de abordar o tema e fiquei tão feliz com o retorno que tive dos leitores, que resolvi compartilhar com vocês!
Espero que gostem!!!!

A intolerância é a prática do egoísmo.


Intolerância pode ser uma simples divergência de opinião, bem como pode ser um ato de depreciação de uma pessoa por conta de suas opções sexuais, religiosas, políticas e etc. Esse tipo de ação pode desencadear muitas situações tristes, constrangedoras, e até me atrevo a dizer que em alguns casos poderia se caracterizar por um crime. Pois uma coisa é existirem discordâncias de opiniões, onde as pessoas defendem seu ponto de vista baseadas no que acreditam e isso é praticado com respeito. Outra coisa bem diferente é o fato de você discriminar alguém de maneira ofensiva por esta simplesmente pensar diferente de você.Este então é simplesmente o ato da prática do egoísmo!
Aí eu pergunto a você que está lendo essa matéria, por que existem pessoas extremamente intolerantes?  A meu ver, diante do que já vivi e pesquisei sobre o assunto, as pessoas são intolerantes quando não existem argumentos sólidos e realistas que defendem seu ponto de vista. Certa vez ouvi falar que “a melhor defesa dos fracos é o ataque” e posso dizer que isso é real. Para muitos que não têm argumentação racional e lógica para defender seu ponto de vista, o ataque, a ofensa, a discriminação e então a intolerância, são suas armas para impor seu raciocínio muitas vezes preconceituoso, e obrigar ao seu ouvinte à aceita-la. Logicamente que isso pode trazer muita discórdia e hostilidade, pois nem sempre as pessoas aceitam o que as outras querem impor, especialmente quando existem divergências. O fato é que as pessoas não usam mais o respeito ao próximo como base de argumento. Compreendo que somos humanos e passivos de erros, e que muitas vezes algumas situações vão além da nossa compreensão.  Só que de nada adianta obrigar a alguém a pensar como você se não existe primeiramente o respeito pelo que o outro acredita ser o correto. O ato de divergir e então, através de uma discussão adequada,apresentarmos ao outro nossa opinião baseada em fatos reais e razoáveis é, na minha opinião, a melhor forma de levar ao outro um pouco do seu entendimento e então receber de seu ouvinte também um pouco mais de vivência. Isso é o principio básico de viver pacificamente em sociedade.
Diante dos últimos fatos que estamos vivendo em nosso país, percebo o quão esse assunto, no âmbito político, é real e praticado da pior maneira possível. Vejo pessoas defendendo suas opiniões e atacando veemente a quem pensa diferente. Vejo falta de argumentos, vejo falta de compreensão dos fatos. Vejo mais emoção do que razão, e às vezes a emoção não é boa conselheira. Devemos analisar os fatos, ouvir e sermos ouvidos, pesquisar, estudar, para então termos os argumentos necessários e defendermos de maneira respeitosa nossa opinião. Quem sabe assim conseguiremos abrir mentes bloqueadas pela emoção, e estimularmos a usar a razão e compreensão dos fatos. Não vejo apenas certos e errados nesse âmbito, vejo emoção e razão entrando em conflito. Vejo interesses individuais e coletivos em atrito constante, e vejo, infelizmente a discórdia mutua. Triste? Sim, muito, mas como descobrir qual é o lado certo e errado? Eis a questão.

Imagem retirada da internet

Não sei. Sei no que acredito e no que ouço. Sei do que minha razão me faz crer e do que meu coração me faz sentir, mas não posso dizer o que se passa na mente e coração do meu próximo. Posso pensar diferente de você que está lendo essa matéria. Pode ser que algumas pessoas pensem que eu sou louca e não soube abordar o tema com clareza, mas eu me defendo dizendo que pesquisei, estudei e senti. Usei minha razão e emoção para falar sobre um ato que me atinge, pois a intolerância fere minha alma, e por tanto me faz triste. Luto para não ser intolerante, mesmo quando defendo meu ponto de vista. Consigo tal feito? Não sei, mas digo com certeza que faço de tudo para que minha palavras não magoem, e muito menos tornem-se armas para usurpar a sua verdade. Eu defendo a minha crença, visão política, literária, de gênero, de sexo e você defende a sua, civilizadamente, sem intolerância e egoísmo. Faço isso por acreditar que assim, respeitando, conseguirei aprender com seu ponto de vista e te ensinar com o meu. Simples, prático e objetivo.

Roberta Farig

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Resultado do 1° #BookTour do livro Descobrindo Todas as Formas de Amor


E saiu o resultado do nosso primeiro 
#BookTour do livro 
Descobrindo Todas as Formas de Amor!!!


Foram alguns blogs escritos, e dentre eles selecionamos 6, como havíamos anunciando anteriormente, junto com as regras do projeto.

E os selecionados foram:


1° blog = Morada do Livro da parceira Gabriela Sumariva


2° blog = Caçadoras de Spolier das parceiras Franciele Ribeiro e Débora Cristina




3° blog = Obras Nacionais Contemporâneas da parceira Marcele da Custa Pinho





4° blog = Mato Por Livros da parceira Fernanda Lopes Trindade Braga



5° blog = Histórias Existem Para Serem Contadas da parceira Kênia Ferreira Cândido



6° blog = The House Of Storie da parceira Isabela Martins



Essa escritora aqui que vos escreve ficou tão feliz com a atenção que os blogs deram para o meu livro, que não tenho na verdade nem palavras para agradecer. Desejo apenas que esse book tour seja um sucesso, que ele possa levar muito amor a todos os participantes e que os leitores participem lendo os comentários, resenhas e demais postagens que forem rolando... 
Isso vai ser DEMAIS!!!

Agora vou enviar um e-mail para cada um dos sorteados comunicando como vai acontecer esse book tour e darei a largada para esse projeto lindo do meu livro e da literatura nacional!!!



Logo volto com mais novidades e informações.

E para os que não participaram do book tour, mas querem adquirir meu livro, entrem no site da Editora Percurso e garanta seu exemplar...


Beijinhos em todos
Roberta Farig



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1° #BookTour de Descobrindo Todas as Formas de Amor

Olá, bem vindos(as) ao 1° book tour do meu livro "Descobrindo Todas as Formas de Amor"



Como acredito que nem todos conheçam ainda minha obra, então antes de qualquer coisa, conheçam um pouco da minha obra apreciando a sua sinopse:

O amor pode ser encontrado em diferentes formas e situações. Algumas vezes, ele aparece nos momentos mais inesperados e nas pessoas menos improváveis. Anabella vivenciou isso desde o momento que nasceu. Ela pôde sentir o poder do amor em sua vida, descobrindo, inusitadamente, que esse sentimento salva. Após ser abandonada pela mãe biológica, Anabella passa a viver com os pais adotivos, que lhe dão todo o amor que uma criança deve receber. Com o tempo, ela conhece o mundo e aprende as artimanhas necessárias para sobreviver. O problema é que, algumas vezes, sua inocência a leva por caminhos difíceis, contudo, sempre com alguém a ampará-la, um ser enviado por Deus que muito a ilumina. O amor de um homem não poderia ficar de fora, e a vida traz a Anabella a oportunidade de experimentar uma intensa e deliciosa história. No entanto, nada é por acaso, e no momento em que ela decide se entregar a esse novo amor, uma reviravolta dolorosa surge em seu caminho, obrigando-a a rever seus planos e seus conceitos sobre o amor e a vida.
Se você gostou da sinopse e quer participar deste meu primeiro projeto, basta seguir as regras e SEJA BEM VINDO(A)!!!


As regras:

  • Solicite o formulário de inscrição pelo e-mail robertafarig@outlook.com e comente na postagem do blog - EU QUERO PARTICIPAR!;
  • As inscrições vão do dia 8 de janeiro de 2016 até o dia 17 de janeiro de 2016;
  • Vou selecionar 6 blogs nacionais para participarem deste projeto de book tour. Lembrando que todos os participantes deveram residir em território nacional;
  • O resultado da seleção será anunciado no dia 20 de janeiro de 2016, dia em que enviarei o livro para o primeiro selecionado do projeto, sendo que existirá uma lista de sequencia de blogs;
  • Cada participante poderá ficar com o livro por no máximo 20 dias e em seguida deve, por favor, enviar o livro para o próximo participante do projeto;
  • O envio do livro aos participantes do projeto deve ser feito via correios, por modo módico, que é o mais acessível financeiramente e abrange a todo o território nacional, e este deverá informar o código de rastreamento sempre que o envio for feito para controle de recebimento do livro;
  • Peço para que todos os participantes do projeto mantenham o banner "Eu Participo do Book tour" em um local visível do seu blog, principalmente no período em que estiver com o livro em sua responsabilidade; 
  • Favor cuidarem do livro, pois ele é muito importante para essa pessoinha que o escreveu, e será usado posteriormente. Se ele estiver danificado, cobrarei do que o danificar;
  • Assim que a leitura for feita, em um prazo de 10 dias, peço para que postem suas considerações sobre a minha obra e uma resenha em seus blogs, canais virtuais ou skoob;
  • A cada participante será enviado três marcadores como brinde, e ao final do book tour o livro será sorteado entre os participantes;



Nossa.. estou tão ansiosa por ver esse projeto acontecer que vocês nem imaginam.
Um livro é como um filho. Costumo dizer que sua criação é como uma gestação. Todo o preparo editorial e gráfico é um pré natal e então temos o prazer de ver nascer algo que foi criado e gerado por nós, com muito amor. 

Conto com a participação de todos e fico a disposição, através do meu e-mail, para esclarecer quaisquer dúvidas. 


Beijinhos no coração de todos.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Trilogia Apenas Amor - Inspiração!

Posso dizer que a inspiração principal para a criação do meu livro foi o "Amor"!
Clichê? Na verdade não! 
É apenas uma constatação da importância que esse sentimento tem em minha vida. 
Ao meu ver o amor é a essência da vida. É o motivo, a razão, o verdadeiro significado do sentido de viver! E com essa trilogia, procurei despertar isso, através de minhas palavras, em meus leitores. Busquei em meu intimo, em minhas orações, em meus instintos, palavras que pudessem compor essa história com perfeição. Como sei que ninguém é capaz de agradar a todos, fico muito feliz por ter conseguido alcançar o coração de algumas pessoas, que como eu, acreditam que o amor salva, cura e vence qualquer impedimento em nossa vida,
Posso aqui aproveitar para convidar a todos vocês que ainda não puderam ler meu livro, a ler, a aprecia-lo e a analisar as minhas palavras a respeito deste nobre sentimento.

Para quem interessar ai vão as sinopses dos livros...
Começando com o primeiro livro da - Trilogia Apenas Amor...




Descobrindo Todas as Formas de Amor!

O amor pode ser encontrado em diferentes formas e situações. Algumas vezes, ele aparece nos momentos mais inesperados e nas pessoas menos improváveis. Anabella vivenciou isso desde o momento que nasceu. Ela pôde sentir o poder do amor em sua vida, descobrindo, inusitadamente, que esse sentimento salva. Após ser abandonada pela mãe biológica, Anabella passa a viver com os pais adotivos, que lhe dão todo o amor que uma criança deve receber. Com o tempo, ela conhece o mundo e aprende as artimanhas necessárias para sobreviver. O problema é que, algumas vezes, sua inocência a leva por caminhos difíceis, contudo, sempre com alguém a ampará-la, um ser enviado por Deus que muito a ilumina. O amor de um homem não poderia ficar de fora, e a vida traz a Anabella a oportunidade de experimentar uma intensa e deliciosa história. No entanto, nada é por acaso, e no momento em que ela decide se entregar a esse novo amor, uma reviravolta dolorosa surge em seu caminho, obrigando-a a rever seus planos e seus conceitos sobre o amor e a vida.

E agora o segundo livro da Trilogia Apenas Amor...

Só o Amor Pode Curar a Dor!

Após a perda dos seus pais, com a dor de sentir-se só, Anabella percebe que está na hora de voltar às suas raízes. Com sua amiga Daiane, encontrará as respostas que procurava. Começa, então, uma nova fase na vida de Anabella, onde aprenderá a deixar sua dor de lado, permitindo que seu passado faça parte da sua existência. Tudo muda, Anabella percebe quão afortunada é, em todos os sentidos, quando o destino a coloca, mais uma vez, em perigo. Dessa forma, ela passa a se permitir mais, a dar vazão aos desejos do passado e aos sonhos que agora almeja realizar. Quanto ao amor - Ah, o amor! -, Anabella o vive intensamente, sem medo de ser feliz. Porém, ainda assim, a dor se faz presente, obrigando-a a traçar novos planos em sua jornada, sempre buscando pelo amor, sua fonte de vida.

Gostaram??? Espero sinceramente que sim!
Eu, como escritora, tenho a sincera ambição de ser lida, de ser compreendida e até de ser criticada, mas inegavelmente o meu maior desejo é saber que minhas palavras tocaram o coração de alguém...

Para quem se interessou seguem os links para a compra dos livros...





Agora duas curiosidades a respeito dos personagens principais.


Você sabia que a inspiração física da personagem Anabella Zommer é a atriz Fernanda Souza?Pois é verdade... Eu gosto tanto dela como pessoa, como profissional, como mulher, que imaginei que a minha linda Anabella era ela!!! Gostaram? Concordam com a minha visão??? Seria um SONHO que a atriz um dia pudesse ler meu livro... Fernandinha sua linda, deixa eu encantar você com as minhas palavras???



E você sabia que o poderoso Samuel Neon também foi inspirado em um grande ator nacional e internacional... o Rodrigo Santoro! Sempre que vejo noticias, matérias ou qualquer coisa sobre ele, lembro-me do meu personagem deliciosamente sexy e enigmático. Eles são idênticos! Vocês concordam??? Um dia, quem sabe, ele também vai conhecer a minha história e vai poder opinar se é ou não parecido com o nosso Samuel.


Pois é... Hoje, com essa postagem, você puderam conhecer um pouquinho mais da minha Trilogia Apenas Amor, Do significado que ela tem para mim, e então, se já leram ou ainda vão ler, perceberam que muito ainda esta por vir no terceiro livro, que se chamará - E o amor venceu!
Conto com a leitura de vocês, com as opiniões. Me marquem ou me enviem suas resenhas, suas críticas, seus recados sobre o que acharam desta leitura. Isso é muito importante para mim!!

Por hoje era isso, meus amores... 
Obrigada mais uma vez pela visita, e volte sempre!!!
Beijinhos



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS